"Viva a morte! Morra hoje!"

Um especialista em motivação profissional é a última pessoa de quem se espera ouvir uma afirmação como esta. Mas é exatamente isto que Paulo Angelim propõe neste livro tão provocador quanto revolucionário: uma atitude realmente positiva em relação à vida pessoal, profissional, familiar e espiritual só pode nascer e crescer sobre as cinzas de velhos vícios, conceitos anacrônicos e, principalmente, hábitos inadequados.

Evidentemente, a morte à qual o autor se refere não é o fim da existência física. Assim como Jesus Cristo explicou a Nicodemos na Bíblia - livro cujas verdades eternas servem de inspiração para os princípios ensinados por Angelim -, o processo acontece em outra dimensão e culmina no renascimento para uma vida vitoriosa e cheia de entusiasmo em todas as áreas.

Escrito para mobilizar empreendedores, executivos, educadores, estudantes e líderes dos mais variados grupos, "Morra e Mude" é um desafio explícito ao marasmo e um convite irrecusável à renovação.

OFERTA:
R$24,90,
já incluído o frete

Ligue para 85.3388.0777, ou envie e-mail p/ camilaangelim@vivaimoveis.com.br, e receba seu livro autografado!

S u m á r i o

- Agradecimentos 09
- Apresentação 11

Atitude 13 (Leia este trecho abaixo)
- Viva a morte! 15 (Leia este capítulo abaixo)
- Por que temos medo de fazer escolhas? 19
- Por que é tão difícil renunciar? 23
- Os perigos da vitória 29
- Você tem um ponto eletrônico? 33
- Você é conhecido ou se fez conhecer? 39
- Sorte ou azar? 43
- A culpa é minha! 47
- “Veja com seus próprios olhos” 51
Aprendizado 55
- Quer discernir entre o certo e o errado?
- Foque nos princípios 57
- Quase sobrei na curva 61
- A vida não é um eterno aprendizado 65
- "Zebra" ou zona de conforto? 71
Produtividade 75
- “O tempo passou tão rápido!” 77
- Aprenda a fazer o que você não gosta 81
- Os potes furados 87
Crescimento 91
- O fim justifica os meios... ou o contrário? 93
- Insistir ou persistir? 99
- Você está satisfeito com seus resultados? 105
- Você é maior ou menor do que os que o cercam? 111
- Exemplos versus Modelos 115
- Rosalinda, a leiteira sonhadora 119
- “O tempo passou tão rápido!” 77
- Aprenda a fazer o que você não gosta 81
- Os potes furados 87
Relacionamentos 123
- O que falta às empresas é amor 125
- “Santa inveja”: isto pode ser bom? 129
- Você vai entrar para a sua História? 133
- Rubinho ganhou, mas não levou! Será? 137
- Bons relacionamentos? Foque nos princípios 141
- Não basta compreender, tem que se identificar 145
Fé e Obras 149
- Auto-ajuda: isto existe? 151
- Os verbos de Natal que revolucionaram a humanidade 157

Morra e Mude
ANGELIM, PAULO

ISBN:
85-7325-377-0
Editora:
Mundo Cristão
Número de páginas:
160
Encadernação:
Brochura
Lançamento:
08/2004
Formato: 14x21

Apresentação:

ESTE LIVRO CONTINUA o propósito iniciado com meu livro anterior, Por Que Eu não Pensei Nisso Antes?. Nada pode ser mais desafiante do que a possibilidade de poder influir positivamente na transformação da vida de alguém. Nada pode ser mais recompensador do que constatar que suas idéias têm sido responsáveis pela renovação interior de milhares de pessoas que diziam estar em estado de marasmo em suas jornadas, e que, depois da leitura de meus textos, voltaram a ter fé, encontraram uma missão pessoal, agarraram-se com afinco e motivação ao trabalho ou simplesmente voltaram a falar com um ente querido com quem tinham rompido o relacionamento havia anos. Sou extremamente grato a Deus por ter me proporcionado essa realização.
Mas a verdadeira missão jamais acaba, enquanto um fôlego de vida estiver em nossos corpos e mentes. Por isso, coloco agora diante de você mais uma coletânea de textos que, assim como no primeiro livro da série, provocarão você a se reposicionar diante da vida e levarão a pensar sobre seus valores pessoais, profissionais e familiares. Mais do que isso, desafiarão você a mudar!

Basicamente, o propósito deste livro é fazer você crescer, progredir, sair do ostracismo e galgar lugares antes inimagináveis, inalcançáveis. E farei isto despertando em você a centelha de vida que existe em seu coração. Mas é necessário que você abra sua mente para se permitir enxergar a vida a partir de outras perspectivas ainda não exploradas — perspectivas que podem levar você a fazer declarações não muito convencionais, como "viva a morte!"; a concluir que "o que falta às empresas é o amor"; a perceber que há profundas diferenças entre "insistir" e "persistir"; ou a perceber a luta entre Exemplo versus Modelo — talvez você esteja transformando meros exemplos em modelos e, com isto, seguindo cegamente valores que, na verdade, deveriam ser questionados.

É uma viagem que entusiasma. Ao final dela, você será provocado a ponderar sobre os dois mais importantes verbos a serem conjugados em nossa existência, e que deveriam fazer parte de nosso plano diário de vida, de nossa missão pessoal. Não, não vou adiantar quais são eles, nem dar qualquer pista. Apenas convido você a participar desta jornada. Posso assegurar que, depois da leitura, você aceitará a realidade de que terá de morrer para mudar, para fazer nascer uma nova pessoa — melhor, mais nobre, mais otimista e mais compromissada com seu próprio crescimento e sucesso. Boa leitura.

Paulo Angelim

Meu site www.pauloangelim.com.br

Atitude

É na mente que começam todas as grandes mudanças do homem. O apóstolo Paulo afirmou que não deveríamos nos conformar com este mundo, mas transformá-lo pela renovação de nossas mentes. Mas para que isto possa ocorrer, para que essa nova criatura nasça, para que haja essa necessária mudança, antes é preciso que morramos! Convido você agora a participar desta jornada, que tem sua mente como ponto de partida.

Viva a morte!

“A maioria das pessoas teme a morte por não terem feito algo de suas vidas.”
Peter Ustinov


EU SEI QUE O TÍTULO deste capítulo pode parecer estranho, sombrio e nada motivador — principalmente se considerarmos que meus textos, via de regra, têm o propósito de elevar o estado de espírito das pessoas. Mas não tema, pois o propósito é exatamente este: quero mostrar que todos os nossos tabus sobre este tema, a morte, são um grande equívoco, e que, na verdade, deveríamos mudar nossas perspectivas a respeito do assunto. A lógica é bastante simples, objetiva e acessível: aqueles que desejam evoluir em todos os aspectos da vida precisam aceitar a idéia de lidar com a morte, por mais imprevisível e inexorável que seja.
Primeiramente, repare que a primeira idéia que provavelmente veio à sua mente diante da palavra “morte” foi seu significado básico, qual seja, a ausência de vida. É bem possível que você tenha pensado em hospital, caixão, velório, enterro, família em prantos etc. Nossas mentes já estão de tal forma condicionadas a pensar negativamente diante da morte que imediatamente remetem ao momento no qual definitivamente deixaremos este mundo.
Porém, não é a este tipo de morte que me refiro neste livro — até porque há outros tipos de morte. É verdade. E vou mais além: digo a você que precisamos morrer todo dia! É isto mesmo. A morte é uma passagem, uma transformação. Não existe planta sem a morte da semente. Não existe embrião sem a morte do óvulo e do esperma. Não existe borboleta sem a morte da lagarta.
A morte é o ponto de partida para o início de algo novo, de um novo estágio. É a fronteira entre passado e futuro. Se você começar a pensar dentro desta perspectiva, verá que a palavra “morte” já não causará tanto desconforto, e poderá buscá-la mais facilmente. Você leu corretamente: defendo que nossa relação com a morte deve ser tão harmônica a ponto de buscarmos morrer em alguns aspectos de nosso ser para que possamos alcançar estágios mais evoluídos de desenvolvimento. Vejamos alguns exemplos.

- Quer ser um bom universitário? Mate dentro de você o secundarista aéreo que pensa que ainda existe muito tempo pela frente, e que planejar o futuro é perda de tempo.

- Quer ser um excepcional profissional? Mate dentro de você o universitário descomprometido e avesso às responsabilidades, que acha que a vida se resume a estudar só para fazer provas e entregar trabalhos.

- Quer ser um excelente marido ou uma ótima esposa? Mate dentro de você o solteiro que pensa poder fazer planos sozinho, sem ter de dividir espaço, projetos e tempo com mais ninguém.

- Quer ser um líder bem-sucedido? Mate dentro de você o subordinado egoísta que pensava na liderança como o momento em que o mundo passa a girar a seu redor.

Enfim, todo processo de evolução exige que matemos o nosso eu passado, inferior. Se não agimos assim, corremos o risco de tentar ser duas pessoas ao mesmo tempo, perdendo o foco, comprometendo a produtividade e, por fim, prejudicando o sucesso. Muitas pessoas não evoluem porque ficam se agarrando ao que eram, ao invés de se projetar para o que serão ou desejam ser. Elas querem o novo posto, o novo degrau, sem abrir mão da forma como pensavam ou como agiam. Com isso, transformam-se em projetos inacabados, híbridos, adultos infantilizados.

Paulo deixou-nos uma bela lição em I Coríntios 13:11: “Quando eu era criança, falava, pensava e raciocinava como criança. Mas quando me tornei homem, meus pensamentos se desenvolveram muito além dos pensamentos da minha infância, e agora eu deixei as coisas de criança”. Ou seja, é possível que, vez por outra, nossas ações sejam infantis — no melhor sentido da palavra —, de tal forma que não matemos virtudes próprias dos tempos de criança, como a vontade de brincar, o sorriso fácil, a vitalidade, a criatividade e assim por diante. Mas se quisermos ser adultos, devemos necessariamente matar a criancice — neste caso, no sentido negativo.
Quer ser alguém (um profissional, uma mãe, um cidadão, uma estudante, um amigo) melhor e mais evoluído? Então pense nas coisas em você que precisam morrer ainda hoje para que nasça aquilo que você tanto deseja ser. Pense nas palavras de João 12:24: “Eu devo morrer como um grão de trigo que cai dentro da terra. Se eu não morrer, ficarei sozinho — uma semente isolada. Porém a minha morte produzirá muitos novos grãos de trigo — uma abundante safra de novas vidas”.
Pense nisto... e morra! Mas não esqueça de nascer melhor ainda!

DESAFIO
Para nascer alguém que frutifica, mate quem você é hoje!

OFERTA:
R$24,90,
já incluído o frete

Ligue para 85.3388.0777, ou envie e-mail p/ camilaangelim@vivaimoveis.com.br, e receba seu livro autografado!


Comentários:

Conheça também meus outros livros:
Por que eu não pensei nisso antes?
Desenvolvimento Profissional: Alcance o sucesso sem vender a alma
Seja você o campeão de vendas